sábado, 29 de dezembro de 2007

terça-feira, 25 de dezembro de 2007

sábado, 22 de dezembro de 2007

segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Não me deixe só
Vanessa Da Mata
Composição: Vanessa da Mata


Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz...(2x a estrofe)
Não me deixe só
Tenho desejos maiores
Eu quero beijos intermináveis
Até que os lábios mudem de cor...
Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz...
Não me deixe só
Que eu saio na capoeira
Sou perigosa
Sou macumbeira
Eu sou de paz
Eu sou do bem

Maaaaiiis!
Fique mais
Que eu gostei de ter você
Não vou mais querer ninguém
Agora que sei quem me faz bem...
Não me deixe só
Que meu o destino é raro
Eu não preciso que seja caro
Quero gosto sincero de amor...
Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz...(2x a estrofe)
Ah ah.ah ah ah ah ah aah
Ah ah.ah ah ah ah ah aah
Ah ah.ah ah ah ah ah aah
Fique mais
Que eu gostei de ter você
Não vou mais querer ninguém
Agora que sei quem me faz bem...
Não me deixe só
Que meu o destino é raro
Eu não preciso que seja caro
Quero gosto sincero de amor...
Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo do inseguro
Dos fantasmas da minha voz...(2x a estrofe)
Não me deixe só
Eu tenho medo do escuro
Eu tenho medo

sexta-feira, 14 de dezembro de 2007


IMPOSSÍVEL

(Jonas Zaidys Neto)

Penso na vida como um sonho
Olho o céu
Milhões de estrelas poderão cair
E vou estar a sonhar
E não vou desistir
Desse futuro duvidoso
E vou estar a sonhar
E não vou desistir
Não vou desistir
Porque parece impossível
Parar de pensar em você
Parece inadmissível
Viver a vida sem você
E você é meu combustível
Queimando no meu peito
Completamente inesquecível
E mesmo
Eu com meu jeito
E você com o seu
Eu sei
Meu coração é seu
E o seu é meu

Netinho disse:Vá dormir "mãos de veludo"!!! Beijão, hehehe... 12 de Dezembro de 2007 01:20 " Quem aguenta receber isso na madrugada..."



BOA TARDE!!




"..O grande barato da vida é olhar pra trás e sentir orgulho da sua história. O grande lance é viver cada momento como se a receita da felicidade fosse o AQUI e AGORA! Claro que a vida prega peças. É lógico que, por vezes, o bolo sola, o pneu fura, chove demais, você roda de ano. Mas.. Pensa só: tem graça viver sem rir de gargalhar pelo menos uma vez ao dia? Às vezes se espera demais das pessoas... Normal. A grana que não veio, o amigo que decepcionou, o amor que acabou... Normal. Todos nós devemos transformar tudo em uma boa experiência. A vida precisa de um pouco de equilíbrio, afinal, quanto mais tempo passa, mais problemas temos que enfrentar, sempre existirá um novo obstáculo mas não desanime... Chore quando for preciso desabafar aquela agonia incontrolável. Se sinta cansado, exausto de tanto pular, gritar, dançar e cantar... E que no fim da noite você pense: VALEU A PENA.."


quarta-feira, 12 de dezembro de 2007

Me deixa ser feliiiz eu mereço mtuu...


★ No Mundo, sempre existirão pessoas que vão me amar pelo que sou, outras que vão me odiar pelo que sou.Ainda outras, que horas vão me amar, horas vão me odiar pelo que sou,Sabendo disso, vivo livre, falo o que penso, faço o que tenho vontade, mudo de opinião a bel prazer. Eu tenho que estar feliz comigo e para isso não posso fazer nada somente para agradar outra pessoa, senão eu mesmo ★








AMO MTU SEM BANALIZAR O VERBO AMOR...






pegaaaaaaaaa a doidaaaaa

hahahahahahahaamoreco vai não fica aqui com nois...e na hora de rir no sinal ... de beber, cair e tentar levantar, quem vai me fazer passa mal de tanto rir ... quem vai levar o amigo do peguete pra mim ...quem eu vou tentar arrumar pra sair com Betinha nossa irmã sem juizo e linda... O lanche no xopi, a salada perfeita... e LOGICO OS 0,75 CENTAVOS... a Dança que não muda nunca, quem vai dirigir ruim... POXA vou para pra num chora... karol lindaaaaaaa... Vc é uma minina mtu especial






terça-feira, 11 de dezembro de 2007




Paciência
Lenine
Composição: Lenine e Dudu Falcão
Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
A vida não pára...o tempoAcelera e pede pressa
Eu me recuso faço hora
Vou na valsa
A vida é tão rara...
Enquanto todo mundo
Espera a cura do mal
E a loucura finge
Que isso tudo é normal
Eu finjo ter paciência...
O mundo vai girando
Cada vez mais veloz
A gente espera do mundo
E o mundo espera de nós
Um pouco mais de paciência...
Será que é tempo
Que lhe falta prá perceber?
Será que temos esse tempo
Prá perder?
E quem quer saber?
A vida é tão raraTão rara...
Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Mesmo quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não pára
A vida não pára não...
Será que é tempo
Que lhe falta prá perceber?
Será que temos esse tempo
Prá perder?
E quem quer saber?
A vida é tão rara
Tão rara...
Mesmo quando tudo pede
Um pouco mais de calma
Até quando o corpo pede
Um pouco mais de alma
Eu sei, a vida não pára
A vida não pára não...
A vida não pára!...
A vida é tão rara!...